photo by Sergio Riccardo

Quem somos


Existe uma relação complexa entre plantas, animais e seu ambiente abiótico. Quando nós alteramos apenas um componente, podemos impactar esse ambiente de maneiras imprevistas. A lição é clara: devemos refletir cuidadosamente sobre como cuidamos da criação. Vivemos em um planeta em rápida deterioração.

O impacto da humanidade tem sido devastador e evidente.

Aproximadamente um quarto da área terrestre do planeta foi convertida para uso humano.
Quase metade das florestas temperadas e tropicais foram cortadas ou devastadas.
A poluição do ar, da terra e da água tornou-se global.

Por causa da exploração excessiva e negligente, plantas e animais estão desaparecendo a um ritmo sem precedentes. Milhares de espécies são extintas a cada ano. Ao transportar micróbios, plantas e animais para novos lugares, inadvertidamente espalhamos doenças e aceleramos a destruição de espécies nativas. Desejamos despertar em vocês o "dom" de participar de ações que, em meio ao contraste da situação atual do planeta, voltam a ser as mais próximas daquilo que um dia foram.

NóS PRECISAMOS PRESERVAR POR MOTIVOS ECONÔMICOS:

A natureza nos presenteou com recursos naturais extraordinários que tornam a vida confortável e produtiva, no entanto, esses recursos são finitos. Podemos caracterizar os recursos naturais como serviços ecossistêmicos, dos quais nossa própria existência depende.
Eles incluem o fornecimento de comida e água; polinização de plantas silvestres e agrícolas; reposição de nutrientes; moderação de climas extremos, incluindo mitigação de inundações e secas; proteção contra a erosão; regulação de pragas em plantas e organismos causadores de doenças; decomposição e desintoxicação de resíduos; purificação de ar e água; e manutenção da biodiversidade.
Esses serviços, fornecidos gratuitamente para nós, foram avaliados globalmente em US $ 125 trilhões por ano (clique aqui para acessar a pesquisa). Obviamente, eles são insubstituíveis. Sem esses serviços, que estão se degradando rapidamente, nossa qualidade de vida e a das gerações futuras seriam drasticamente reduzidas.
Devemos cuidar da saúde e da justiça social. Os seres humanos saudáveis precisam de ambientes saudáveis que forneçam recursos naturais e processos que sustentem a vida humana. Ambientes degradados fornecem recursos precários e promovem doenças, tensão, conflitos e desigualdade.
Infelizmente, são os pobres que costumam suportar os problemas decorrentes de ambientes degradados. Pessoas e corporações egoístas exploram o meio ambiente e diminuem sua capacidade de sustentar a população local. As nações ricas geralmente se beneficiam à s custas dos países em desenvolvimento.

Padrões ambientais inconsistentes, corrupção e desrespeito às leis ambientais ameaçam a saúde e a subsistência de milhões de pessoas. Estima-se que uma em cada sete mortes em 2012 resultou da exposição a solo contaminado e água, e ou poluição do ar e 93% desses 9 milhões de mortes ocorreram em países em desenvolvimento (clique aqui para ler o relatório completo).
Precisamos estar à frente para defender as vítimas da injustiça ambiental, que incluem não apenas os seres humanos, mas também outras formas de vida.

Pensamento Crítico.
Como habitantes do nosso planeta, temos a obrigação de preservar a criação e aliviar o sofrimento humano e todas as outras criaturas sempre que possível, no entanto, entender como devemos agir é dificultado pelas opiniões polarizadas que ouvimos.
Quando se trata de questões ambientais, devemos procurar nos manter informados pelas fontes mais confiáveis. Precisamos reconhecer a linguagem publicitária que encontramos diariamente na mídia e nos blogs, pois há muitos especialistas que entendem pouco sobre as interações complexas do mundo natural.
Precisamos ter a mente aberta, aplicar o pensamento crítico com o melhor de nossas habilidades e tratar as opiniões dos outros com respeito, mesmo quando acreditamos que eles estão errados, por exemplo, um estudo mais aprofundado questionou o papel dos lobos na restauração do ecossistema do Parque Yellowstone.
Embora os lobos certamente contribuam para a caça de alces, a questão parece ser mais complicada do que se pensava inicialmente, uma vez que também envolve interações entre bisões, castores, caça humana, padrões de chuva e mudanças de temperatura.
Como uma iniciativa humana, a ciência tem suas imperfeições, mas quando usada corretamente para testar hipóteses alternativas, ela eventualmente se corrige.
A ciência fornece uma maneira de adquirir conhecimento e discernimento sobre a criação.

O que nos guia


Buscamos um mundo melhor através de nossos atos e para isso tomamos como norte três ações:

sinergia

Esforço coletivo e cooperação é o que precisamos para mudar o comportamento das pessoas sobre as atitudes que prejudicam nosso planeta, isso é o que esperamos de cada um que nos acompanha.



respeito

Respeito é a palavra criada pelo homem para descrever o sentimento que o impede de fazer algo desagradável a alguém. Todo ser vivo faz parte de um único ecossistema. Nenhum ser é superior ao outro, todos tem o seu papel importante no equilíbrio de cada bioma e assim do planeta como um todo.

preservar

Preservar é a soma entre sinergia e respeito. É o ato mais importante que devemos ter com qualquer ser vivo. Unir forças para fazer valer o respeito entre os seres permitirá um mundo melhor.



Nossos produtos


Buscamos parceiros que valorizem o meio ambiente para a produção dos produtos que carregam a nossa marca. É através de suas vendas que colocamos nossos projetos em prática.

Nossos Parceiros


Nosso Time


Somos ativistas, entendemos que não podemos ficar parados apenas observando a destruição do nosso planeta.

...

Paul H Bentzavrovish
 

Cofundador - Editor de conteúdo web - mergulhador


...

Rosana Cavalieri
 

Cofundadora - Editora de conteúdo web - mergulhadora


...

Marcelo Gomes
 

Cofundador - Designer - Border Collie entusiasta

 


Fatos sobre os Oceanos


Encontre-nos